Conheça o antigo Farofa Saiba como tudo

começou Home
feed rss   Blogo de Sao Paulo,SP-Brasil       
Pe Julio
A gente não quer acreditar, mas se há suspeitas, há que se apurar.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 23h12
#beijometweeta: @rosana

Notícia
Uma coisa é ler a notícia agora. OUtra é atravessar a notícias nas condições em que estávamos.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 23h11
#beijometweeta: @rosana

Alagamento na Regis


O alagamento total no km 275 da Regis Bittencourt. Ninguém passava. Era um mar de água. (Clique para ampliar em nova janela)



Todos os carros, ficaram ilhados, sem poder passar. (clique e amplie)
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 23h00
#beijometweeta: @rosana

Foi assim
Há três dias eu não fazia uma refeição, pegando nos talheres. Hoje, reunimos a família após a cerimônia e partilhamos o alimento à mesa, assim, de forma solene como esta frase.
Foi um dia mais que difícil. Difícil teria sido a dor, o pesar. O que passamos foi um sacrifício.

Chegamos no Einstein antes de meio dia, lá pelas onze e quarenta da manhã. Fizemos a liberação, decidimos realizar o último desejo de meu sogro, ser cremado, o que vai contra a religião judaica. Mas pedido é pedido e não se questiona, se executa.

As pessoas começaram a chegar ao velório. Ficamos lá, acompanhando tudo até as cinco da tarde, com todos os momentos de tristeza que todos bem sabem.
Depois das despedidas, cinco carros sairam em cortejo até o crematório.
E aí, começou o calvário.

O caminho era longo, muito longo. Até Itapecerica da Serra. O trânsito, terrível. Mas estavamos com o pisca alerta ligado. No meio do caminho, começou a chuva. Que virou temporal. E virou tempestade. Com raios. Vento. E chuva de granizo. As pedras de gelo batiam nos carros, a água jogada impedia a visão, dava medo de perder a direção. De repente, começamos a nos perder uns dos outros, com tantos carros passando no meio de nós, empurrando-nos pra lá e pra cá.

E quando chegou no km 275 da Regis Bittencourt, parou tudo. Todos os carros ligaram o pisca alerta, confundindo o cortejo. Um alagamento gigantesco, um mar de lama, um metro e meio de água. Nem caminhão passava. Os outros carros não apareciam. E foi aí que vimos que não havia celular. Não tinha sinal. Nada.

Sem comunicação, no meio da tempestade, alagados, sem poder seguir, parados, sem telefone. Foi um desespero geral.

Tivemos que encostar num posto de gasolina, com o carro fúnebre e esperar. Parados, na chuva. Tudo alagado. Parecia irreal. Congestionados, com os carros, e ali, no carro ao lado, o caixão. Não havia como seguir. Ainda faltavam 15 km para o retorno. E lá estávamos, todos alagados, ao lado do carro fúnebre. Sem poder sair do lugar. O motorista do carro do crematório descia e não sabia o que fazer. O crematório ía fechar. Ele pediu para que as pessoas lá esperassem por nós. Começou a dar desespero. E se não chegassemos? E se fechasse?

Lentamente, conseguimos reunir todos os carros novamente. Mas não havia nada a fazer. A não ser esperar.
Até que um caminhão se arriscou e passou. A água começou a baixar. E começou a chover novamente. Nova espera. E mais desespero.
Finalmente, enfiamos os carros na lama, na água e passamos.
Mais adiante, no km 282, outro alagamento.

O sol já tinha se posto quando finalmente viramos no 290 da Regis Bittencourt. Do outro lado, na outra pista, ninguém se movia. Tudo parado mesmo.

A cerimônia foi simples, tocante e choramos profundamente, no meio da frieza do mármore que ecoava os soluços.

Saímos. E voltamos todos para casa.
Com a sensação de ter feito o que era justo, o correto, o necessário, o amoroso.
Com o aprendizado vivido da fragilidade e da finitude da vida.
Com a certeza de que mesquinharias e bobagens não valem a pena.

Um dia, aos 24 anos, meu sogro tornou-se pai, quando meu marido nasceu.
Hoje, no dia do aniversário do meu marido, o pai se vai.
O ciclo da vida, se fecha.

Amanhã, a vida, continua.
Para todos nós.





Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h53
#beijometweeta: @rosana

Obrigada
Em nome do Isaac, da família, muito obrigada a todos. Quando eu me recompuser, postarei aqui, sobre o dia, as absurdas dificuldades, o temporal, a chuva de gelo, os alagamentos, o celular sem sinal, o desespero de um cortejo alagado e ilhado no meio de um mar de chuva, lágrimas e lama.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h17
#beijometweeta: @rosana

velorio
O velorio do sr.Samy Efraim, pai do Isaac,acontecera hoje no Einstein, 4subsolo, sala1,das 14 as 15:3o
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 12h05
#beijometweeta: @rosana

Descanse em paz
Meu sogro acaba de falecer.
Descanse em paz.
Vou cuidar do Isaac, meu amor.
Não é fácil perder o pai. Eu já perdi o meu.
E no dia do aniversário do Isaac.
Se você quiser deixar seus pêsames, por favor, entre nos comentários doblog dele.
Estamos saindo agora.
Fique com D'us.
Vai ser um dia muito triste.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h16
#beijometweeta: @rosana

Lugares podres
Eu não sei se você já passou por isso mas há lugares absolutamente podres na rede. Onde pessoas da pior espécie se encontram. O mundo virtual é só o que é, um espelho do mundo real com algumas azeitonas a mais.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h26
#beijometweeta: @rosana

Fantástico


Ninguém pode negar. A Globo é uma ótima emissora e o Fantástico é um programa que alegra o brasileiro há décadas. Mas também não podemos negar que o Fantástico está desesperado para subir sua audiência e por isso, está atrás de novidades.E, para isso, estão correndo atrás da Internet. E do YouTube. Já chamaram o brilhante Guilherme Zaiden para ser contratado, chamaram o Wagner Martins, chamaram o diretor do Tapa na Pantera e todo mundo que desponta na Internet.
Bruno Barreto avisou que a chamada de hoje do Fantástico, mostra na chamada, este video do YouTube, da dança da Cacatua.


Pois eu gosto mais desta aqui, a Cacatua headbanger!

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h13
#beijometweeta: @rosana

Sumarino
Hoje é dia 27, aniversário do Isaac. Ele recebe cumprimentos lá nos comentários do blog ansieadade.
Daqui a 2 dias vai completar um mês que fiz o pedido do livro da Adélia. Um mês. E eles não entregam. Veja bem, não é um livro foram de linha, de série, de edição, sei lá. É '1984' do George Orwell, que você encontra em qualquer lugar!
Pois o Submarino diz que está 'aguardando reposição do fornecedor', não entrega, não dá uma explicação. E, simplesmente , não atende na ajuda online. Não há ninguém para atender.
Serviço no Brasil é tudo uma grande M....
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h03
#beijometweeta: @rosana

Tropa
A expressão foi uma alusão ao filme?
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 08h48
#beijometweeta: @rosana

Bom dia
Surpreendentemente, temos Net Virtua today.

A situação em casa é de angústia. Muita angústia.
Meu sogro está na UTI. Inconsciente. Respirando com aparelhos. Com falência renal. E tudo o que os médicos dizem que é que ele está estabilizado. Sem chances de voltar, mas estabilizado. Dizem que ninguém morre na UTI do Einstein. Ou seja, eles tem aparelhamento e competência para controlar todas as funções vitais e manter a pessoa em 'funcionamento'. Mas este estado é vida? Não, não é vida. Nem é vida o que estamos vivendo também. Uma espera sem fim, uma agonia permanente. Medo de marcar qualquer compromisso, de ficar longe.
Acho que este é o pior estado de todos.
A angústia do nada.
Sem ida e sem volta.
O limbo.

Bom dia.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 08h37
#beijometweeta: @rosana

Nara
Fraco, o especial.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h14
#beijometweeta: @rosana

Sem virtua
Quanto eu estava voltando do trabalho para casa, soube, por telefone, que estavamos sem conexao. Continuamos sem Virtua. Quando liguei la, ouvi que estavamos sem banda larga nos bairros da Consolacao, Pinheiros, Perdizes, Pirituba e uma infinidade de outros lugares,exagerando mesmo. E que voltaria à meia noite. Já é meia noite. E nada.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 23h03
#beijometweeta: @rosana

Avacalhou: sempre a vaca, a vaca, a vaca


Avacalhar deve ser uma junção de vaca e encalhar. A vaca vai pro brejo e lá, encalha. Avacalha.
Exatamente como a desculpa de compra e venda de bois, vacas, por políticos e empresários.
Claro que ninguém associa vaca com Renan. Todo mundo só pensa em Renan e Mônica Velloso. Mas ele também deu a desculpa de ter conseguido um dinheirinho vendendo uma vaca.
A mesma lenda da vaca vendida e do boi voador surgem agora. Investigados por fraudes ligadas ao banco BRB, Roriz e o dono da Gol, negaram. Na folha, leio: "Roriz negou as denúncias, informando que apenas pediu um empréstimo de R$ 300 mil a Nenê --quantia descontada de um cheque de R$ 2,2 milhões do empresário. Segundo ele, o dinheiro teria sido utilizado para comprar uma bezerra e ajudar um primo."

É a avacalhação. Mistura de vaca, encalhar e nação.
Fim da picada.
Vaca atolada.
Patría amada.
Brasil.

PS - Enfim, não temos mais que tirar leite de pedra. O químico descobriu como tirar leite de soda. Cáustica.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 17h55
#beijometweeta: @rosana

Céus
Leite continha não apenas soda cáustica e água oxigenada, mas coliformes fecais. Socorro.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 17h47
#beijometweeta: @rosana

Tropa de Etílicos
Era brincadeira, o que o Lula disse? Sobre o biocombustível diminuir o consumo de álcool como bebida?
Brincadeira seria o Capital Lula Nascimento pedindo pros companheiros:

- 15, me vê um 12!
- servido senhor, sem gelo!
- 10, bota mais um 18 no copo!
- servido senhor!
- e você, 49, passa a 51!

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 17h45
#beijometweeta: @rosana

Assalto
Vesgo e o produtor Tiego foram assaltados ontem, no RJ, 4:30 da manhã em Copacabana. Estavam comendo açaí num quiosque. Concordo, facilitaram. Mas é triste. Levaram carteira, celular e tudo mais. Não vou nem continuar a história. Vamos esperar que ele conte no próprio blog. Pra não ficar com cara de Tropa de Elite.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 16h54
#beijometweeta: @rosana

RE-COW
Por favor, estou passando por um dia difícil. E trabalhando. Consegui fazer uma piada, uma. Sobre o leite adulterado. Se estão fazendo recall do leite, então, é o primeiro RECOW. Aviso também que o fato do leite ser adulterado não quer dizer que a vaca, mesmo sendo uma vaca, seja adúltera, ok?
(estou me esforçando)
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h43
#beijometweeta: @rosana

Leite adulterado
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h33
#beijometweeta: @rosana

Escancarada
Uma das grandes discussões envolvendo blogs é a fronteira entre o público e o privado. A vida não tem essa fronteira tão clara. Você pode viver uma vida inteira de privacidades mas quando você morre, você se torna público. Até seus inimigos podem visitar seu túmulo no cemitério e, se forem realmente doentes, podem até ofender sua memória in loco.

Tenho um blog, escrevo coisas genéricas e pessoais, joios privados misturados ao trigo público. Publico links, opiniões, sugestões de leitores. Levanto polêmicas, sigo outras. Tem de tudo um pouco.
Já fui fundo nas questões emocionais e extremamente individuais. Dividi com você a doença de meu pai. Falei da dor de perdê-lo.
Procuro preservar detalhes familiares em alguns dias, outros, não.
Hoje, estou aqui para partilhar duas dores.
Elas falam da vida e da morte.

Meu sogro está na UTI. É muito, muito grave. Estamos em estado de alerta, coração suspenso.
Amanhã é aniversário do meu marido e isso me dói ainda mais.Por uma questão tola, feminina, infantil, pedi muito a D'us para que não levasse o pai dele no dia do seu aniversário. Para não marcar a data como uma perda, uma dor, por todos os outros anos da sua vida. Mas não estamos aqui para escolher nada. Só para aceitar. Esperar. Torcer.

Mas aceitar é difícil em alguns casos.

Se você acompanhou também a alegria da minha mãe, que está feliz e saudável, soprando velas do bolo de 75 anos, depois de duas décadas de depressão, vai entender um pouco mais minha determinação em levar adiante mais um processo para quebrar sigilo e encontrar o stalker deste blog, que me persegue há muito tempo.
Desta vez, eu vou até o fim. Até o fim. Denunciar, quebrar o sigilo, processar, fazer tudo o que a lei me permite. Tudo está a nosso favor. O estatuto do idoso, os crimes de racismo. Não é questão religiosa. Não é fé, não é crença. Estamos falando de cidadania. Direitos civis, da Constituição. Cada um tem direito de acreditar no que quiser. Mas a lei tem seus limites.

Reveja a foto da minha mãe, tão bonitinha, uma senhorinha contente entre suas amigas e leia este comentário que o anônimo 'brasileiro' da Telemar Norte Leste deixou sobre a votação do prêmio promovido aqui:

BRASILEIRO VOTO NA BUNDA DA TUA MÃE, AQUELA JUDIA FODIDA.
10.21.07 - 7:16 pm
IP: 201.9.195.223


E há também um crime de racismo contra negros:

CAÇA BOPE TROPA DE ELITE QUAL É SUA MISSÃO? DAR O CU PRA PRETO LAVAR ROUPA NA PRISÃO
10.19.07 - 7:07 pm
IP: 201.9.207.95


E além do crime contra idosos, negros, tem também uma série imensa contra judeus e homossexuais:

Fernando Braga -DEPRAVADA GOSTA DE PARADA GAY É? PUDERA, JUDIA... TINHA QUE SER DEPRAVADA.
10.13.07 - 12:22 am
IP: 201.9.211.165


...
Jose Macedo Dias - JUDIA VAGABUNDA JUDIA VAGABUNDA QUE FALTA FAZ HITLER... ACABAR COM ESSA RAÇA ASSASSINA DE PALESTINO!
06.17.07 - 11:40 pm
IP: 201.9.125.205


Estou reunindo todos os comentários ofensivos e enviando para meu advogado, na Opice Blum. Já entrei em contato com o Delegado Mauro Marcelo. E dois promotores públicos que cuidam de casos de racismo. Desta vez, eu vou até o final. A Telemar Norte Leste, da Oi, lamenta mas não pode fazer nada. A Oi tem os dados, falei com a assessoria. Mas eles privilegiam o assinante. Entregarão os dados diante da ordem judicial. Já está vindo.

Pensei em não publicar este post, mas acho justo fazê-lo. Não são coisas que me engrandecem, não são coisas bonitas ou que fazem o bem. São dores. Mas você é parte do blog e o blog é parte da minha vida. É justo partilhar com quem quiser saber. Eu devo satisfações a quem prestigia o blog e confere a ele valores morais, materiais, que enfim, beneficiam a minha vida. Tudo está ligado, tudo. O que a gente faz de bom, de ruim. As pessoas que a gente promove, as que a gente critica. O cosmo é isso, infinita rede de interações entre campos.
A vida é este conflito incompreensível entre a grandeza e a mesquinhez, o macro e o micro, a resultante de todas as forças.

Deixei este post retido porque não sabia se devia ou não publicá-lo.
Agora, tanto faz.
Ligaram do hospital. A situação do meu sogro não tem volta.
Justiça a gente faz em vida.
Depois, não há mais nada a fazer, senão lamentar.
A morte, nos redime de tudo. A vida, vem nos cobrar.


PS - Vou abrir os comentários. Não tenho nada a temer agora. Se mais provas forem produzidas, mais provas serão anexadas. Tem dias que a gente toma coragem e perde o medo de ser atacado. Tem dias, que a solução é dar corda pro enforcado.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h04
#beijometweeta: @rosana

Dos Leitores
.Free rice
(André Lelles) - Filhote do Hunger Site: você aumenta seu vocabulário em inglês e doa arroz ao mesmo tempo.

.Plantão de Notícias
(Victor Calazans) - Fotolog que pode virar um blog. Opine.

.Parto masculino?
(Gabriel França) - Homem dando à luz no vestiário, YouTube. Não vi ainda ...

Zé Ricardo
(Camila Britto) - Recomenda os textos do Zé Ricardo Novoa.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h41
#beijometweeta: @rosana

Argumento
Parece que não se pode comentar a estranheza de comer papel.
As pílulas do Frei Galvão são feitas de papel enrolado. Quando eu soube, há meses, foi uma surpresa. Sempre imaginei que fossem compostas por farinha.
Para contra-argumentar, tem gente comparando as pílulas com as sagradas escrituras.
Vou ter que escrever que a gente não come nem engole as sagradas escrituras ou podemos pular esta etapa?
A discussão não é sobre a fé mas sobre a materialidade da pílula, ou melhor, sobre o inesperado de sua real composição. E que papel é? Papel reciclado? Papel de caderno? É qualquer papel? Algumas pessoas insistem em comparar coisas incomparáveis. É como perguntar se a água é mais ou menos redonda que um urubu. Não tem nexo.
Pessoas do mundo todo escrevem pedidos em papéis, orações, tudo, desde que o mundo é mundo, ou melhor, desde que inventaram a escrita. O muro das lamentações tem papéis em todas as fendas. Mas ninguém come os pedidos.
Simples assim. Comer pílulas de papel. Eu acho isso peculiar.
Mas se faz bem a qualquer ser humano, ótimo. A fé remove montanhas. Pena que, em alguns casos, a fé cega remova também o bom senso para argumentar.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h22
#beijometweeta: @rosana

Hospital
Não, as notícias não são nada boas.
Os sinais vitais caem com a nossa esperança.
O silêncio umedece o rosto, a mente começa a oscilar entre pensamentos racionais e o total vazio.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h20
#beijometweeta: @rosana

Salvador
Incrível isso que está acontecendo. O fenômeno Tropa de Elite. O BOPE como salvação do IBOPE. Todas as emissoras querem contratar o diretor, o produtor, o roteirista, exibir o filme, transformá-lo numa série. O mesmo acontece com o público. Todo mundo que viu quer fazer uma dublagem, um rap, um funk, uma paródia. Nunca vi nada assim, o cinema nacional ditando moda em todas as mídias. A ser estudado.
Bom dia.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 08h34
#beijometweeta: @rosana

Até mais
Estou fora de combate.
Exausta mesmo.
Não é cansaço físico, mas emocional.
Boa noite, até amanhã.
E muito obrigada.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 23h17
#beijometweeta: @rosana

A grande família
A concepção inicial é ótima. Os textos são divertidissimos. A direção é primorosa. Mas o que sempre me impressiona no seriado A Grande Familia, além do elenco de primeira, é a direção de arte. E o figurino. Incríveis. Parabéns a todos os que trabalham na série.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h43
#beijometweeta: @rosana

NY luta por calorias em cardápios
A cruzada por informações calóricas em Nova York continua. A idéia é ter as calorias de cada prato nos cardápios. É justo. Aqui, no Brasil jamais funcionaria. As pessoas mentem. Se o leite, que é básico, vem adulterado imagine o resto. E tem mais, na caixinha do leite não diz que tem soda cáustica dentro, diz?
Voltando às calorias, já procurei e encontrei. O café batido que eu tomo sempre no Starbucks tem 90 calorias.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h08
#beijometweeta: @rosana

Aposentados pelados
Tropa de flebite, de celulite.
Eu sei, vergonha é o salário do aposentado.
Mas foi patético.
O senhor largou o guarda-chuva, arriou a calça e ficou ali, com a calça jeans nas canelas, cuecão enrolado.
Muito feio.
Funcionou claro. Era pra chamar a atenção. Chamou.
Existem muitas formas de chamar a atenção.
12 aposentados pelados. E pegaram a Petrobrás pra Cristo.
Doze homens e nenhum segredo.
Só não entendi uma coisa: pelados, de bilau na chuva, passando frio, eles queriam o quê, provar que não estão mais na ativa? Vou perguntar tudo pro Gilson.
Ele é que entende de Plano Petros.
Gilson! Me ajuda!
É pra eu ser contra ou a favor?
Do que, hein?
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h45
#beijometweeta: @rosana

Vale9Conto
Ontem eu conheci a Renata. Hoje eu descobri que ela é uma das autoras do blog vale9conto. Por coincidência, o Henrique Brand recomendou o blog hoje. E não é que eu acabei de cruzar com ele?
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h03
#beijometweeta: @rosana

Papel
Por que as pessoas comem as pílulas do santo brasileiro se elas são apenas pedaços de papel enrolados? Desde quando comer papel é bom?
PS - Não estou falando de gestos mas de comer papel. Não é comer hóstia, não é beijar, não é orar, rezar, não é ajoelhar, não é fazer jejum. É comer papelzinho enrolado. E tem mais: isso não é biblico, não está nas sagradas escrituras de nenhuma religião. Não foi enviado por D'us. Isso foi algo inventado por um ser humano, um homem, que foi canonizado agora. Mas sendo realista, antes, eram só papéis enrolados criados por um homem, como eu e você. E isso me parece estranho. E não me parece saudável.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 19h59
#beijometweeta: @rosana

Blogging

What Kind of Blogger Are You?

Saí do trabalho com a Fátima Bernardes na TV do boteco da galeria. Cheguei com o Bonner no ar.
Fiz o quiz que tipo de blogueiro é você. Não tenho culpa de nada. Fiz e deu isso aí em cima. Queixas no site.
Acho que vi num comentário do Update or Die.
Não, não foi lá. Foi aqui.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 19h57
#beijometweeta: @rosana

Twitter
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 18h38
#beijometweeta: @rosana

Nada


O post mais recente do astronauta brasileiro subiu há dois dias. Traz o Hino do Aviador, uma homenagem, segundo o autor, "a todos os aero-navegantes do Brasil que vencem todos os obstáculos e intempéries para decolar e levar a bandeira do Brasil e os brasileiros mais altos."
Não teve nenhum comentário até agora, zero. Ô classe desunida.


Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 17h50
#beijometweeta: @rosana

Leite Adulterado
Lendo as notícias, pesquisando, a gente entende a profundidade da sacanagem das cooperativas mineiras que adulteravam o leite adicionando soda cáustica, água oxigenada e outros produtos. Na verdade, eles adicionavam água ao leite para lucrar mais. E, para mascarar os resultados da composição do leite diluido, adicionavam soda cáustica, que alterava o pH do resultado. Além disso,
..."a fraude servia para aumentar a quantidade do leite, o tempo de conservação e, até mesmo, recuperar o produto que não era mais apropriado para o consumo. Juntas, as duas cooperativas forneciam 600 mil litros de leite por dia a distribuidores nacionais." Absurdo.
Combustível adulerado, leite adulterado...
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 17h34
#beijometweeta: @rosana

Foi Fashion, foi Mal


Foi um erro que deu certo. Gloria foi Fashion. E foi Mal. No Fashion Mall.
(Ofuxico)
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 16h52
#beijometweeta: @rosana

Parabéns, Espalhe
Peraí. Deixa eu ver se eu entendi: a Agência Espalhe criou uma ação viral para promover o video Podecrer(www.podecrer.com.br), sobre um grupo de jovens cariocas em 1981. O site Videolog há mais de um mês oferece com exclusividade, um seriado chamado Babilônia 1981. Quando chegou a 25 mil acessos (que não é nada, né)o portal Videolog DESCOBRIU que o seriado era uma ação viral de marketing da Espalhe?
Foi o que eu li. Mas juro que não acredito. O que isso quer dizer? Que o Videolog não sabia e caiu como pato? E por que só eles tinham 'exclusividade'? Porque os outros não quiseram divulgar? Mas como ninguém sabia se num comentário de ontem alguém escreveu 'podecrer' que eu vou ver o filme? Vou consultar as bases.
De qualquer forma, a espalhe espalha mesmo

PS - Não era um 'viral', era uma ação de conteudo.
Não era exclusivo do videolog, subiram tudo pro Youtube.
Foram criadas comunidades de fãs do filme.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 16h33
#beijometweeta: @rosana

Brilhante
O palito de fósforo, a cabeça, não contém fósforo. O fósforo está na caixa, onde você risca o palito. Bom saber.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 15h44
#beijometweeta: @rosana

Festa caída
Bem que a Sabrina avisou que a festa das 100+ da VIP ía ser caída. Acertou. Só tinha a Juliana Paes e o povo que faz tudo para aparecer. Os destaques do fotógrafo do UOL Celebridades foram ex-BBBs Bruna e Carol, ex BBBs Flávia e Justin. Vai render 0,25 de pauta.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 12h45
#beijometweeta: @rosana

Ídolos
Bom, quem sabe na Record, os vencedores do Ídolos se tornem...ídolos.No SBT não tá rolando.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 11h19
#beijometweeta: @rosana

Blogueiros de ontem
Esqueci de publicar ontem, os nomes e blogs de amigos que encontrei fazendo o test drive do Fiat Punto: Alexandre Fugita do Techbits , Beto Toledo do Update or Die (gentil, bacana, adorável!)e o famoso Wagner Martins do Cocadaboa. No teste, ligamos para pessoas dentro e fora do carro, amigos em outros lugares, etc. Só depois pensei em algo interessante para fazer: ligar para o outro carro que também tenha bluetooth em viva voz. Não sei se você já passou por isso mas quando viajamos em mais de um carro, separando a familia, temos o hábito de ligar pelo celular e perguntar onde o outro está, em que quilometro. Se os dois carros tiverem blueotooth e viva voz é só um ligar pro outro e conversar. O próximo passo será.. webcam? Já pensou, streaming direto do carro?

Update - eu também já usei o talkabout (tem azul e amarelo) da Motorola, entre carros. funciona.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h34
#beijometweeta: @rosana

Putanesca
Entendi.
É dia do macarrão.
Talvez isso explique algumas notícias que andei lendo. É dia de prestigiar as putanescas em geral. Aliás, as putanescas abundam.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h06
#beijometweeta: @rosana

Blog: cabeça, tronco e membros
Um blog pode ser individual ou coletivo. Pode ser autônomo ou pode estar ligado a um grupo. Pode ser de humor, de política, de moda, tanto faz. Para o leitor o blog é só um endereço na barra do browser,o conteúdo que ele expõe e seus leitores, ou seja, a cabeça (o dono, a marca ), tronco (conteudo, layout) e membros (participantes e frequentadores).
A cabeça tem que ser clara. Você tem que saber o nome do blog, o endereço de cor, tem que acessá-lo sem problemas. Deve estar hospedado em algum lugar que não caia, não saia do ar, tenha divulgação. E a sua cabeça tem que ser clara. Você tem que ter uma linha, um estilo, um jeito seu. Sua cabeça é também a cabeça do blog.
O tronco tem que ser consumível. Layout minimamente palatável, posts visíveis e compreensíveis, textos interessantes, conteúdo exclusivo. A freqüencia de publicação, a velocidade, são características do tronco.
E os membros, os seres humanos que fazem e frequentam o blog.

Esses componentes geram os valores de um blog, subjetivos e objetivos.
Os subjetivos são: autoridade, credibilidade e prestigio.
Os objetivos são os números. Posição no ranking, número de visitantes e outras medidas.

Há blogs que vivem de sua autoridade e por isso tem um valor. Autoridade é quando o blog/blogueiro é especializado e entende do tema. Tem gente que entende muito de uma determinada área e vira referência. Tem gente que não entende muito mas finge que entende e com ajuda da mídia também vira autoridade perante os que sabem menos (embora sejam desprezados pelos que sabem mais). Se você entende muito de alguma coisa, mecânica, política, culinária, macramé, faça um blog sobre o assunto, estude, aprofunde-se e vire uma autoridade. Nem que seja para ser como os blogueiros-celebridades, que só entendem de si mesmo. Tudo bem, porque tem mercado pra consumir. É um tema.

A credibilidade pode vir junto ou não com a autoridade. A credibilidade vem mais da pessoa, do blogueiro. De sua conduta, carreira, coerência. Ninguém é unânime, mas ter credibilidade dá valor a um blog. Seja verdadeiro, sincero, correto e seu blog terá valor.

O prestígio depende de relacionamento. Tem gente que já nasce com sobrenome de prestígio, relações familiares de prestígio, riquezas prestigiadas. Há blogueiros que não são autoridades em um assunto, não tem tanta credibilidade assim, não estão bem posicionados no ranking mas tem muito prestígio junto a pessoas que mandam na mídia. Ganham dinheiro, divulgação, prêmios. Mas não é pra quem quer e sim pra quem pode. Prestígio pode ser herdado ou conquistado. Pode vir dos colégios onde você estudou, das famílias que frequentou, dos empregos. Mas sempre vem com relacionamentos. Blogueiro isolado tem muito mais dificuldade pra conquistar prestígio.

Os valores objetivos são quase sempre numéricos. Posição no ranking technorati, número de visitas, poder de exposição na mídia, além dos subjetivos. Em geral, os blogs mais visitados são os que fazem humor, não tem comentários abertos, usam pseudônimos, gongam pessoas com nicks, etc. Ou são blogs de tecnologia, que oferecem serviços gratuitos, dão dicas para construção de blogs, oferecem templates e resolvem os problemas.

Basicamente os leitores querem 3 coisas: orientação, informação, diversão.
Quem oferece um, dois ou três dos quesitos, com autoridade e credibilidade acaba tendo blogs de valor, inclusive, valor de mercado.

Se você está pensando em investir no seu blog, pondere tudo isso. Não é preciso concordar. Discuta, pense, reflita, construa outras teses. Mas sempre há um caminho para tudo. Tem publico para tudo. Seu blog pode não virar o maior sucesso do mundo mas vai encontrar seu espaço.

Uma recomendação faz-se necessária: não encha o saco dos outros avisando o tempo todo que seu blog existe, que você colocou outro post, etc. É chato. É 'pushy'. Um shopping center é um shopping center, não é um selling center. A pessoa é que vai comprar, não é o vendedor que fica vendendo. Você faz compras como quem navega. Você procura, vê, entra, sai, até escolher e comprar. Vendedor na porta puxando a pessoa pra dentro é de quinta. Ficar mandando avisos sobre seu blog também.

De resto, é só o óbvio mesmo. Mantenha o blog limpo, conheça seus leitores, seus concorrentes, seus seguidores, seus ídolos. Olhe para cima, para baixo, para os lados. O espaço é virtual mas é volumétrico, tem de tudo em todo lugar, em volta de você.

Observe o mundo e descreva-o. Fale de si e dos outros. Viaje do micro ao macro. Voe, liberte-se, confesse-se quando quiser. Caia e levante publicamente, mas tomando o cuidado de não arrastar ninguém com suas quedas.

Mesmo que eu não tenha prestigio, nem autoridade para determinar como você deve ou não fazer blog, tenho uma parcela de credibilidade, porque faço o mesmo blog há anos, cuido dele e me relaciono com você. E, confesso, que diante de outros blogs de nomes sacados, já fiquei quase envergonhada do jeito mamãezinha do título do meu 'querido leitor'. Mas eu gosto. Porque é verdadeiro. Não tem blog sem leitor. O leitor é que faz o blog ser o que é. Portanto, o leitor é essencial. E o querido, bem, se a gente não gosta de quem gosta e prestigia a gente, vai gostar de quem?

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h57
#beijometweeta: @rosana

Né, gente?
Eu sei, a Sabrina diz 'oi, gente'. O Eli Correa também diz. O Christian Pior também diz centenas de 'gente, gente, gente'. Mas é que, gente, não dá, né gente? É um vício de linguagem horrível, né, gente? Denota uma certa pobreza estrutural da língua, gente.
Recebi um email agora, gente, recomendando um video. Mas quando fui assistir... não deu. A menina começa assim:
- Oi, gente. Então, gente...
É demais, né gente?
Faz a gente esquecer que é gente.
Me deu vontade, assim, de esganar a pessoa, uma coisa horrível, né gente.
Então, bem, tchau gente.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h29
#beijometweeta: @rosana

Natal, carnaval
O shopping em frente de casa já está decorado para o Natal. Cedo.
A Mônica Velloso vai ser musa do carnaval. Chato.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 07h39
#beijometweeta: @rosana

Amassada
Acordei de cara amassada, alma molhada e coberta por uma infinita preguiça de ir a aula de Pilates. Vou mesmo assim. E ainda levo a chuva de carona para convencê-la a visitar a Califórnia.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 07h37
#beijometweeta: @rosana

Panelas


Não adianta, o mundo é feito de panelas. A gente só chia quando está fora. Mas é assim que rola. Panelas, panelas, panelas. Tem o portal e a panela dos canais queridinhos. Tem o jornal e a panelinha dos protegidinhos. Tem a panela de blogueiros. A dos fotógrafos. Tem a panela de jornalistas. Tem a panela das modeletttes. Dos maquiadores. De tudo. Tem a panelinha dos premiados. A panela dos prestigiados. Tem produtora que só contrata profissionais da panela. Diretores então, só chamam os que são da super e restrita panelinha. É por isso que são sempre as mesmas pessoas escaladas, escolhidas, selecionadas, premiadas, enfim. Sempre as mesmas vozes nos comerciais. Sempre os mesmos profissionais. Sempre os mesmos escritores, roteiristas, novelistas. Sempre as mesmas trilhas sonoras, ou pelo menos, dos mesmos cantores. Panela.
A panela privada é de amigos e filhos de amigos. A panela pública é de parentes.
Panelas de publicitários, de jogadores.
Mas estou datada, não é mais panela. Não tem mais panelada.
A panela cresceu. Agora é rede social.
Deve ser por isso que as redes sociais online fazem tanto sucesso.
São as únicas e gigantescas panelas onde todo mundo pode entrar.
Só fica fora, quem quer ficar.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h24
#beijometweeta: @rosana

Legal!
"O InterNey Blogs primeira rede de blogueiros profissionais do Brasil, é o mais novo parceiro do iG. Ele chega ao portal por meio do site www.interney.net e reúne alguns dos blogueiros mais famosos da "blogosfera" brasileira. "Com essa parceria com o Interney Blogs, o iG reforça seu conteúdo e passa a servir de ponte para ligar os blogueiros que fazem um trabalho de qualidade a um veículo de internet", explica Alessandra Blanco, diretora adjunta de conteúdo do Internet Group."
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h19
#beijometweeta: @rosana

Cora
Cora, querida, eu soube ontem, foi atropelada por uma moto quando atravessava a rua. Quebrou a perna. Mas em teatro a gente diz isso mesmo, break a leg, para desejar sorte. Toda sorte do mundo, linda.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h47
#beijometweeta: @rosana

Na capa
Bruno fez uma compilação de séries de TV que usam iPhone. E tem chamada na capa do IG! Boa, Brunão, parabéns!
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h35
#beijometweeta: @rosana

3a. parte: a noite


Você vai, vai, vai e sai na Dutra. E aí, você não sai para lugar algum. Você vai dirigindo, com paciência, vendo que o trânsito do outro lado está pior ainda. Em alguns momentos, você não vê nada. É noite, está tudo parado, o rio cheio de lixo correndo pro lado oposto ao que leva ao mar. Até a paisagem da janela está fora do ar.



Tempos depois você desvia dos piores caminhos e vai em frente. Finalmente, pega a filha e aí é só pegar o trânsito e voltar para casa. Cheguei. Agora, tenho que correr atrás de tudo o que não fiz, não li, não escrevi. Cadê coragem? Ah, a coragem a gente tira lá do fundo daquele poço feminino de inesgotável energia, aquela que faz você ser mãe, filha, esposa, profissional, blogueira, cidadã, humana. Aquela que agradece a você por estar aqui, por visitar o blog, pelas palavras.

Agora, vou parar de escrever e vou ler todos os comentários. É a sua vez, querido leitor.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h17
#beijometweeta: @rosana

2a. parte: a tarde
Saí da agência lá pela uma e pouco da tarde. Duas e dezesseis, eu estava parada no trânsito. Postei do celular. Cheguei em casa quase três da tarde, o horário que eu pretendia sair para ir para Guarulhos, do outro lado da cidade. Comi qualquer coisa correndo, escovei os dentes, peguei o carregador do GPS (nando, é o de colocar no acendedor de isqueiro, sim!), coloquei o endereço, peguei o presente e fui para Guarulhos.

Primeiro problema: um desvio na marginal Tietê. Segundo problema: a Dutra totalmente parada. Desviei pela Fernão Dias e fiz um caminho longo, obtuso e interminável. Cheguei no Maria Cereja, a padaria onde minha mãe marcou a festinha, às 15 para as 5 da tarde. Fui a ante penúltima a chegar. Mas foi bem legal. Minha mãe está ótima, feliz, comendo bem. A mesa estava cheia de amigas e vizinhas. Comemoramos os 75 anos da minha mãe, com bolo, aplausos, tudo. Foi adorável. Enquando isso, fiquei pegando notícias do meu sogro (ainda na UTI), meu marido, meus filhos, pela telefone.
Minha mãe é a que está de blusa preta, decote em V, bordada.

















Muito legal ver a mãe da gente fazendo 75 anos e ainda distribuindo lembrancinhas de aniversário. Eu ainda tinha que buscar minha filha, por isso, depois do parabéns, resolvi encarar a Dutra às 7 da noite.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h08
#beijometweeta: @rosana

1a. parte: a manhã
O Google calendar anunciava dois compromissos marcados para esta quarta-feira: um test-drive na Agência Click pela manhã e a festinha de aniversário da minha mãe numa doceria. O primeiro compromisso, no Real Parque. O segundo no Bosque Maia, em Guarulhos. Imaginei que entre uma coisa e outra eu pudesse trabalhar. Imaginei errado.
Acordei como todos os dias, às 6:20h da manhã. Acordei minha filha para ela não perder a hora para escola. Café, banho, essas coisas. Lá fora, chuva.



Eu ainda não tinha idéia de como estaria o trânsito.
Peguei o GPS emprestado (já atualizado com novo mapa...), digitei o endereço da Agência e fui.
Felizmente meu marido me deu uma luz sobre a localização. Foi o que me salvou.
Porque eu esqueci que o GPS descarrega e foi exatamente o que aconteceu.
Chuva, trânsito e ... low bat.
Uma hora depois, cheguei ao lugar certo.
Sob uma chuva absurda.
Subi, conheci as pessoas, encontrei blogueiros conhecidos, tomei café e esperei até que todos chegassem.




Tivemos todo tipo de problemas com atrasos por culpa da infra estrutura. Vôos atrasados, trânsito e uma situação inusitada: um dos blogueiros viu um acidente de trânsito e foi obrigado a depor como testemunha pelo policial. Vixe.
Às onze horas, fomos todos para a sala fazer o teste virtual e conhecer o projeto.
Um computador pra cada um, uma pasta, papel, lápis, caneta e uma miniatura do carro, muito bonitinha.



Ah, antes que eu tenha que abaixar para pegar os tomates, não, este não é um post pago. Nem o test drive. Foi um convite, para dirigir um carro que tem Blue&Me, bluetooth. Você liga o bluetooth do seu celular, ele lê a agenda e obedece tudo por comando de voz. Liga, avisa que tem SMS e lê as mensagens se você quiser. O carro também tem saída USB para ler as suas músicas no pen drive. Mas a parceria é Microsoft e Fiat, ele não se dá bem com Apple. Se for um pen drive comum com músicas ele coloca até o nome da música no painel, obedece comandos para tocar a próxima e etc. E o carro tem aquelas coisas de carro importado: liga o limpador de parabrisas automaticamente quando chove, sensor de obstáculos, sensor crepuscular (eita!), comandos na direção.

Da agência fomos de van para uma concessionária fazer o test drive em si.









Fiquei na turma do Wagner, fiz e recebi chamadas pelo Blue%Me do carro, enfim, experimentamos tudo. A única coisa que não conseguimos fazer foi fazer a moça-robô ler o SMS do iPhone. Porque é da Apple, eu acho.
De lá, a Van me levou de voltar para a agência click. Já era mais de uma da tarde. E aí começou meu calvário para chegar em casa.


(Tirada e enviada com o iPhone - Wagner, na direção do Fiat Punto, conectado ao seu celular, recebendo instruções de navegação.)

PS - O post não é pago, nem a ação. O encontro de blogueiros é uma primeira oportunidade de fazer com que grandes empresas conheçam melhor o mundo dos blogs. Pode não parecer, mas novos caminhos estão se abrindo para os blogs. Isso é legal para todos.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 19h23
#beijometweeta: @rosana

Em casa
Sim, cheguei. Parece mentira mas estou em casa. De pijama. Banho tomado. Inteira. Ou quase.Foi uma quarta-feira caótica para paulistas e cariocas, que passaram o dia no trânsito e na chuva. Vou tentar colocar tudo em dia, inclusive, os posts. É tão bom ter uma casa para onde voltar. Obrigada, obrigada, obrigada. Aos céus, ao destino, aos deuses, a todos os que tornaram possível esta benção. A de ter uma casa e uma família.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 19h18
#beijometweeta: @rosana

parada
estou no transito
há horas
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h16
#beijometweeta: @rosana

Atraso
Não é caos aéreo, é terrestre. Mas chuva e trânsito em SP são sinônimos de atraso em todos os compromissos. Chato. Porque eu cheguei na hora. Apesar dos pesares. Me fez lembrar aqueles tempos de escola quando a gente estudava pros outros colarem e fazia os trabalhos para o grupo assinar. CAda um no seu papel.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h04
#beijometweeta: @rosana

Dia
O dia está com uma cara péssima. Fora o frio.
Não vejo a hora de tomar um café.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 07h12
#beijometweeta: @rosana

Dani, querida
Muito, muito obrigada, Dani, pela infinita ajuda. Já deletei todos os blogs que mudaram de endereço e que não estão mais atualizados.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 21h43
#beijometweeta: @rosana

Boletim das 20:00h
Estamos apreensivos. As coisas não vão nada bem no quesito saúde, se é que você me entende.
No trabalho, a tensão de sempre. A reunião, está acabando.
Amanhã, não venho trabalhar.
Talvez só passe por aqui.
É aniversário da minha mãe.
Vou passar a tarde com ela.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 19h02
#beijometweeta: @rosana

MLs
Mais poder, mais mililitros.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 14h32
#beijometweeta: @rosana

Airbrush Beauty


É isso que eu quis dizer, pintura, maquiagem com airbrush para HDTV.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 13h17
#beijometweeta: @rosana

Ah, vá? Sério?
Que surpresa. Jamais imaginei. Que pessoas ligadas a qualquer religião pudessem usar dinheiro de fiéis em benefício próprio.
Bispos da Renascer usariam dinheiro de entidades em beneficio próprio". Deve ser por isso que quando viajei a Miami a trabalho, de classe executiva, cruzei com a Bispa Sonia adentrando a primeira classe.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 12h25
#beijometweeta: @rosana

É plágio ou inspiração?

Não sei se você viu o 'abre' da coluna Sala de TV de hoje. Foi o querido leitor Ricardo que mandou a observação e os links dos videos. Eu baixei os videos, peguei os frames, comparei-os aos pares. Mas falta a sua opinião. É cópia ou ... referência?



Por falar nisso, Caio San Martin também percebeu um detalhe em comum entre o logo da nova novela da Globo "Desejos Proibidos" e da novela "O Direito de Nascer", remake do SBT, que foi ao ar em 2001. Ambas usam a barriga da letra "S" para abraçar uma imagem.



Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 11h26
#beijometweeta: @rosana

Blogs, links, saco cheio
Segui a sugestão do Thássius e coloquei tudo em outra página. É muito difícil dar conta de tantos links quebrados, blogs desatualizados. Dani me ajudou muito mas, mesmo assim, é difícil. De tempos em tempos vou dar uma arrumada. Por enquanto, está tudo lá, numa página só. Espero que esteja funcionando.Esta é a parte dos blogs e links do título.

A parte do saco cheio: não agüento mais ouvir falar em dança do siri, não agüento mais ouvir falar em tropa de elite, não agüento mais ouvir falar no relógio rolex do luciano huck, não agüento mais ouvir falar do novo programa da xuxa para adultos, não agüento mais notícia de elefante bêbado na índia.

Acho que vou começar a ler só sites de artesanato.
Preciso voltar a fazer crochê e tricô urgentemente.


Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h53
#beijometweeta: @rosana

Coluna
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h43
#beijometweeta: @rosana

High Definition


Fernanda DK mandou o link. Mariah Carey depilando barba e bigode, ou melhor, buço e pelos do queixo antes de entrar no ar. Com as câmeras de alta definição, qualquer irregularidade aparece. Eu soube que existe um novo tipo de maquiagem para câmeras HD. O maquiador praticamente 'aerografa' a cara do artista, fazendo uma fina máscara sobre a pele para que ela pareça perfeita. Pareça. Esse é o mundo do showbiz. Puro Pirandello. Assim é se lhe parece. O importante é fazer com que pareça. E aí todo mundo acredita.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h42
#beijometweeta: @rosana

Sono
Acabei de ouvir na CBN. O sono restaura os circuitos responsáveis pelo equilibrio emocional. Quem dorme mal, fica desequilibrado. Exagera. Fica irado por qualquer coisinha. E viva o sono.
Pena que eu não tenho mais tempo para restaurar tudo.
Bom dia. Hora do pilates.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 07h43
#beijometweeta: @rosana

Boa noite
Nada como reservar um dia na vida para dormir antes da meia noite!
E, de presente, via email, o carimbo 'apenas a minha opinião', enviado pelo Paulo Antonouza.
Aliás, os últimos emails que recebi agora são todos...geniais!
Obrigada, minha Santa Arroba dos Últimos cliques!

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h19
#beijometweeta: @rosana

Blogrolling
Coloquei de volta os links de blogs de leitores, e etc. Via Blogrolling. O problema é que muitos não estão atualizados. E clicar um por um para verificar se o link ainda vale, se há posts atualizados e editar ou apagar o endereço na página do blogrolling é muito trabalhoso. Peço aos donos dos blogs que me avisem se os links estão no ar, se estão atualizados ou não.
Só assim poderei adicionar outros. Se bem que, não dá pra incluir todos os blogs da rede. Enfim, não sei o que fazer. Sugestões?
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 22h13
#beijometweeta: @rosana

10 dias?
Renan Calheiros pediu 10 dias de licença médica para fazer exames de rotina.
O que são exames de rotina? Procurei e encontrei a resposta no site boa saúde do UOL:

Se tiver entre 40 e 65 anos
Uma vez por ano, deve:
1)Fazer exames para verificar a possível presença de câncer de pele, tireóide, linfonodos, próstata e reto. Podem também ser incluídos exames para detectar o PSA (substância presente no sangue quando se tem câncer de próstata)
2) Exame odontológico de rotina.
A cada 1 ou 2 anos deve:
3) Medir a altura e o peso.
4) Verificar a pressão arterial;
5) Um exame de fezes que procure sangue (sangue oculto nas fezes);
6) Fazer um exame oftalmológico direcionado ao glaucoma.
A cada 3 ou 5 anos deve:
7) Examinar níveis de colesterol;
8) Examinar níveis de açúcar no sangue (glicemia);
9) Realizar um exame especial chamado sigmoidoscopia, para procurar câncer de colo (no intestino), após os 50 anos.
10)Lembre-se de tomar a vacina contra tétano de 10 em 10 anos.

Mas isso leva...10 dias? Gente, em um, dois, no máximo três dias, dá pra fazer tudo isso, não? Ou ele vai fazer uma coisa por dia?
A menos, é claro que o coco leve sete dias pra produzir o material do exame número 5).
De qualquer forma é estranho. O senador licenciado pediu licença-saúde. Mas se ele já estava licenciado como é que pediu outra licença? Ah, dá licença!
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h56
#beijometweeta: @rosana

Perfeito
Nelson Rubens está vendendo remédio para hemorróidas. E fazendo uma careta que lembra a região de ocorrência das mesmas.
O mais legal é que depois do remédio pra hemorróidas ele anunciou o ...dollynho! Faltou só a pimenta para depois completar que pimenta no dos outros é refresco!
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 20h02
#beijometweeta: @rosana

RC
Feltrin avisa: Roberto Carlos quer 10 milhões de reais para renovar seu contrato com a Rede Globo. Vou aproveitar o gancho para comentar a biografia do RC, que estou lendo, Roberto Carlos em Detalhes, de Paulo Cesar de Araújo. Primeiro o carimbo:

"É apenas a minha opinião"


Pronto, carimbei. Em frente.
Estou revendo minha posição sobre a proibição à biografia do Roberto Carlos. Eu era contra a proibição. Agora sou contra a proibição e também contra a liberação. (eita!) Explico. O texto é muito ruim. Primário. Infantil. Irrita o leitor. Vou dar alguns exemplos para não parecer mera implicância, o que é comum, sou implicante mesmo. Mas não consigo compreender como o autor pode ser jornalista formado com este texto. Acompanhe:

(pg. 10) - "O pior é que, ao contrário do Cine Glória, que fica no centro da cidade e dava para eu ir até lá a pé, o estádio Lomantão fica bem mais distante."

Não entendi. 'Ao contrário do Cine Glória, que fica no centro da cidade e dava pra eu ir até lá a pé?' O Cine Glória fica... e dava pra eu ir até lá? Algum revisor, professor, para dar uma alternativa melhor, algo como 'até o qual', 'até onde'? Outro exemplo:

(pg. 16) - "Uma das últimas perguntas foi sobre a relação do artista com o palco, Lula então aproveitou o tema e disse: 'Aliás, Roberto, o Paulo ...'"
Uma das últimas pergutnas foi sobre a relação do artista com o palco, virgula, Lula então...? Desse jeito?

E a repetição do sujeito na mesma frase? Tipo.. aí o cachorro latiu e o cachorro olhou e o cachorro chegou mais perto, sabe como é? Ele repete 'Roberto Carlos' sem parar:

(pg. 16) - "Para entender a obra musical de Roberto Carlos é necessário conhecer a trajetória de Roberto Carlos".
Substituir Roberto Carlos por 'o artista', 'o cantor', nem pensar, né?

(pg. 24) - "Outro aspecto no qual Cachoeiro se destacava era a intensa movimentação trabalhaista e a continua agitação política da cidade."
Perái. Outro aspecto... era...a intensa movimentação E a continua agitação? Então eram outros aspectos. E a preposição 'no qual' está correta?

Bem, enfim. Eu também não sei escrever corretamente. Mas não é preciso ser um erudito para perceber que o texto do livro é mal escrito e foi mal revisado. Veja este texto na página 232:
"Aquela foi a primeira vez que Roberto Carlos iria assinar uma composição com outra pessoa desde que iniciara a parceria com Erasmo Carlos , em 1963." Isso não soa bem... aquela foi...que iria...sei lá.

Enfim, não vai dar. Não consigo ler. O texto atrapalha o livro. Se é que você me entende. Paulo Cesar fez uma pesquisa minuciosa. É um fã apaixonado. Mas poderia ter pedido para alguém escrever o texto. Ou refazê-lo. É como o compositor que canta mal mas faz questão de gravar a própria canção. E, carimbo. Esta é apenas minha opinião.



Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 18h59
#beijometweeta: @rosana

Räikkönen
Chato, chato, chato. Não o piloto, o mundo da mídia. Alguém começou a brilhante produção de chavões e clichês chamando o rapaz de piloto de gelo, etc. Sim, a associação é óbvia. Gelo, Finlândia, tal. O rapaz não é latino, não tem vontade de sambar quando ganha. A cobrança de uma atitude histérica diante da vitória é típica de quem não compreende a diversidade cultural do planeta. Porém, para a felicidade de todos os que insistem em associá-lo a um cubo de gelo, ele finalmente se rendeu, adicionando limão, açúcar e aguardante e tomou uma caipirinha.Felizes?
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 17h43
#beijometweeta: @rosana

Assalto
Ladrões são democráticos. Assaltam ricos,pobres, representantes da classe média. Tanto faz o lugar na pirâmide social. O ladrão toma o que quer de quem tem e ponto final. Pode ser um Rolex de um apresentador famoso, como aconteceu. Ou pode ser um computador num prédio simples na Vila Galvão, em Guarulhos, onde mora minha mãe. Sim, o prédio dela foi assaltado. Levaram um computador e um lapotp, provavelmente os únicos que encontraram. E agora, a porta passa a ter mais uma tranca. Felizes os donos de lojas de ferragens. Devem estar milionários vendendo trancas, cadeados e afins.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 15h43
#beijometweeta: @rosana

Rubinho atrasado!


André Braun entrou no site do Rubinho e...surpresa! O relógio de 'countdown' marca: faltam 1 dia, 24 horas, 51 minutos e...x segundos para o GP. Viu só? Não é só o Rubinho que chega atrasado, a equipe que atualiza o site também! Entra lá pra ver.Aproveite para ver em inglês o 'there are...days left for the GP'...
Agora, com licença, já vou indo. Como o Rubinho, também tenho que correr atrás... dos problemas.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 12h43
#beijometweeta: @rosana

E o prêmio vai para...
Votações encerradas. Você votou e você elegeu a resposta do Claudio Rubio: a pessoa visita o blog de uma pessoa de quem ela não gosta para aplacar seu sentimento de inferioridade. O livro é seu, Cláudio. Pode escolher e mandar por email sua opção.
Aproveito para avisar que o Submarino ainda não entregou o livro da Adélia, contemplada aqui. Fiz outra queixa e estou aguardando o contato.
Parece que aqui no Brasil os serviços só funcionam mediante ameaças.
PS - É a primeira vez em anos que eu tenho problemas com o Submarino, só pra constar.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 11h43
#beijometweeta: @rosana

Serra não conhece o Massa


Homer vai pro lado errado, Alonso avisa, ele volta.
Se animar pra lá e pra cá, dá pra fazer mais um famigerado funk...
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h55
#beijometweeta: @rosana

Pensamento
Poucas pessoas sabem o nome do homem mais rico do mundo (embora todas saibam o nome do 2o. colocado no ranking, Bill Gates) Existem ricos anônimos, pobres famosos. Existem picaretas de prestígio e genios desprestigiados. Existe muita gente mau-caráter mas bem-relacionada. E é por isso, criança, que muitos canalhas sobem na vida. E é diante desta inexorável e sofrida verdade que somos impelidos a querer acreditar que possa haver uma justiça em alguma outra dimensão.
Por que escrevi isso? Ué, e por que não?
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 10h10
#beijometweeta: @rosana

Moto superlotada
Não, eu não recomendo. A moto superlotada não é uma boa solução de transporte. Mas o piloto poderia facilmente dar um curso de equilibro e destreza. Como ele consegue? Certamente o peso dos passageiros deve estar muito bem distribuído. Eis um video interessante para ser usado em qualquer prova de física. Parece um pombal humano sobre duas rodas.
Meda!
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 09h57
#beijometweeta: @rosana

Entrevista: Luli Radfahrer
Há algumas semanas comecei a ler o blog de Luli, DWD3. Na coluna à direita você poderá ler seu curriculo. Luli "é Ph.D. em comunicação digital pela ECA-USP, de onde também é professor há mais de dez anos. Trabalha com internet desde 1994, quando fundou a Hipermídia, uma das primeiras agências de comunicação digital do país, hoje parte do grupo Ogilvy."
O curriculo não termina aí. Googlando por seus trabalhos, suas palestras (é só pequisar no avançado do Google por arquivos com extensão .ppt ou .pps para chegar lá). Luli é um pensador moderno, um filósofo contemporâneo, um visionário, um sábio.
Fiz aquilo que toda pessoa sempre sonha em fazer quando lê um livro genial,quando se depara com uma obra avassaladora: entrei em contato com o autor. Mandei um email. Ele respondeu. Perguntei se podia entrevistá-lo para o blog. Ele gentilmente aceitou. Agora é hora de compartilhar um pouco com você.

1. Durante décadas o mundo projetou como o futuro seria nos anos 2000. A Internet, tal qual é, ninguém previu. Onde foi que os oráculos erraram?

William Gibson cansou de dizer que o futuro já está por aqui, o problema é que ele é mal distribuído. Marshall McLuhan dizia que as pessoas andam com os olhos no retrovisor (tanto que todas as utopias são projeções do passado) e, por isso, têm uma enorme dificuldade em ver o presente. Existe uma tendência comum a muitos de projetar o cotidiano como o conhecemos em linha reta para o futuro, imaginando que o que vem por aí será mais do mesmo que já existe, sem levar em consideração a evolução que as mudanças nos processos podem provocar. Em 1990, não se levava a sério a Internet, em 1998 a NASDAQ parecia inquebrável, em 2003 comunidades eram vistas como mania de programadores ou modas passageiras de adolescentes.

Há uma dificuldade recorrente em se identificar os elementos presentes que podem causar grandes mudanças. É por isso que o mercado de ações e as tendências de comportamento são tão imprevisíveis. Na Feira mundial de Chicago, em 1897, pediu-se para que diversos líderes mundiais projetassem o mundo dali a 100 anos. Falou-se de tudo e muitas previsões eram certas. Uma ausência marcante, no entanto, foi o motor a explosão, que tinha sido inventado há algum tempo e que mudaria completamente a cara do século XX.

Prever o futuro não é fácil. Enxergar o presente é ainda mais difícil. Muitos erraram por imaginar que o futuro seria a mecanização do presente. Isso é tão errado quanto acreditar que a banda larga é apenas uma mudança em velocidade e infra-estrutura.


2. Metade da ocupação mundial do Orkut é composta de brasileiros. Isso tem alguma relevância que mereça uma interpretação?

Há uma participação significativa de turcos e diversos países asiáticos começam a migrar do Friendster para lá. A primeira interpretação é simples: você quer estar aonde seus amigos estiverem.

A segunda é mais dolorida. Ela leva em conta o tempo que os usuários da Internet brasileira passam em sites de relacionamento e mostra a falta de opções de conteúdo relevante, em português, para os menos favorecidos. Praticamente não há ambientes de aprendizado, de troca, de informação. O que sobra é muito papo furado e interação vazia.


3. Eu escrevo seu nome no Google encontro 61 mil resultados. O que isso provoca em você? Egosurfing é saudável? Você é a mesma pessoa on e off line?

Hahahahahahah... Egosurfing é melhor quando terceirizado ;-D

Eu não pauto o conteúdo do que escrevo pelo Google, a não ser em casos que o serviço seja relevante para o assunto abordado. Fico feliz em causar uma reação em tanta gente, mas acredito que a qualidade é muito mais importante que a quantidade. Cada trabalho de conclusão de curso que eu tenho a oportunidade de acompanhar e contribuir me é extremamente gratificante, da mesma forma que cada e-mail respondido em que sinto que ajudo um indivíduo em sua definição dentro do ambiente digital é um pequeno prêmio para mim. Nesse ponto não acredito que exista alguma diferença entre minhas "personas" online e offline, a não ser que, ao vivo, respondo muito mais rápido.

Como estou na web desde 1993, acho que já falei com muita gente, escrevi muito e fiz vários amigos. Aparecer no Google, com 15 ou 60 000 referências é só consequência. Bem ou mal, acredito que o Renan Calheiros ou o Zé Dirceu sejam muito mais citados, mas de uma forma que não deve fazer muito bem ao ego.


4. Que fronteiras você traçou entre o publico e o privado nos seus domínios na rede? Essas fronteiras tendem a mudar com o tempo?

Meu MSN é privado, não tenho conta no Orkut, meu blog e meus posts no Twitter dizem respeito à minha vida profissional, quase ninguém tem meu celular e quase nunca me conecto no fim de semana. Mas isso, claaaro, muda com o tempo. Não tenho um perfil voyeur e acho que minha vida não daria uma biografia nem se fosse escrita pelo David Lynch. Mas leio muito, e me concentro no que posso contribuir de relevante. A fronteira entre o público e o privado está automaticamente definida.


5. Como você analisa o fenômeno de super-exposição na rede? Por que todo mundo quer ser famoso?

Acredito que seja por que não tenham muito a dizer, ao mesmo tempo que têm a obrigação de manifestar sua identidade. Em um ambiente que todos são absolutamente iguais na tentativa de se provarem diferentes, chega a ser cruel para uma pessoa ser, simplesmente, "normal". A excepcionalidade compulsória faz de todos feitores de si mesmos, e obriga uma auto-flagelação em busca de qualquer coisa - pouco importa o critério ou as penas envolvidas - que atraia a atenção alheia. Vivemos em um gigantesco "freak show", e as telas dos computadores são suas vitrines. O quadro crônico de depressão endêmica é reflexo disso, do mesmo jeito que o são as formuletas vazias de placebos culturais como "O Segredo" e "Quem somos nós".


6. O sucesso dos livros de auto-ajuda é uma medida do desejo generalizado de buscar soluções milagrosas ou é a prova de que é possível enganar muitos de forma lucrativa e sistemática?

Não se venderia Crack se não houvesse uma clara demanda por ele. Da mesma forma, em ambientes satisfatórios não há lugar para os mercadores da alegria cosmética. Em uma análise mais ampla, tudo é auto-ajuda: de poupança a religião, de estudo a atividade física. O problema não está na demanda por melhoras - até porque o ser humano está mais para homo dissatisfactens que para sapiens - mas no desejo (e na crença) que a melhoria possa ser imediata, instantânea. Sob esse aspecto, os livros do gênero são, quando bons, os equivalentes literários do Xenical ou Viagra, uma correção de um sintoma que ignora a condição subjacente e pode, com o tempo, piorá-la. Um bom livro de dicas financeiras não substitui um curso de Economia, um blog de conselhos de reformas não elimina um arquiteto.

Ou seja, mesmo que os livros de auto-ajuda fossem bons, eles fariam mal. O que dizer então quando se constata que 99,9% deles são palpites vazios, desqualificados, preconceituosos, tendenciosos e, em última instância, perigosos? Para mim, eles são os equivalentes psicológicos de uma auto-medicação com remédios tarja preta. Arriscada e efêmera, mas que traz a ilusão de solução imediata. Mas o que se pode dizer quando se constata que há quem coma Doritos para matar a fome?


7. A Internet pra você é uma ferramenta, um vício, uma diversão, o que?

Infra-estrutura. Como luz, água, gás, saneamento. Ela não faz nada sozinha, apenas monta o palco. Cabe a cada um decidir o que fazer com ela.

Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 08h51
#beijometweeta: @rosana

Até mais
É tarde e eu vou dormir. Amanhã a gente se fala.
Hoje teve BarCamp no RJ. Ouvi o Nick Ellis falando agora na CBN. Pena, não pude ir.
A depilação com Ferrari foi o pico do programa, 12.5
Por ora, é só.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 23h43
#beijometweeta: @rosana

Meu mico, mico meu
O primeiro mico do dia foi de José Serra, que quase entregou o troféu de 2o. lugar da F1 para Alonso. Ainda bem que Alonso indicou que era pra Felipe Massa e Serra entregou para a pessoa certa.
Acho que ele não entendeu que entregaria o prêmio pro Massa.
Porque não é possível que ele não saiba quem é o Felipe e nem saiba que é da Ferrari.
O vermelho da Ferrari é absolutamente inconfundível.E o segundo mico: Galvão Bueno repetidas vezes disse 'comprimentou' no lugar de 'cumprimentou' e falou 'entrega de troféis', ao invés de 'troféus'. Meninos, eu ouvi! To indo pra TV!
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 15h08
#beijometweeta: @rosana

Pergunta tola
Se todos concordam que bebida e direção não combinam, por que a Johnny Walker patrocina a Fórmula-1?
Já sei. Aprecie com moderação...
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 14h14
#beijometweeta: @rosana

Finalistas
Foram 323 comentários no post Prêmio, concorrendo a um livro. Li todos e a todos agradeço, pela participação, pelas reflexões, pelos ensinamentos. Muitas opiniões são partilhadas, por isso, tentei selecionar algumas que representam as outras. Neste caso, valeu o critério das mais sintéticas. Escolhi dez finalistas, para discutirmos um pouco mais.
Gostaria de lembrar que a pergunta era genérica e não pessoal. São muitos os blogueiros que recebem visitas recorrentes de pessoas que aparentemente não gostam do blogueiro, nem dos leitores, nem de nada. A pergunta: "-O que leva uma pessoa a visitar constantemente o blog de alguém que ela não gosta?" busca uma resposta sobre o que move a todos nós, na direção contrária ao caminho do prazer, da auto-realização, da felicidade.
Que pulsão é esta que nos impele a alimentar o vício do desprezo, da contrariedade, do ódio gratuito.
Todas as respostas são muito interessantes.
UPDATE - As votações já foram encerradas. O mais votado foi Claudio Rubio.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 12h52
#beijometweeta: @rosana

Café
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 11h55
#beijometweeta: @rosana

O filme
O filme ruim na tv era Bastidores da Fama, com Adrien Brody. Talvez eu não estivesse no clima. Primeiro que a qualidade da imagem estava ruim. Segundo que o ritmo era meio arrastado. Terceiro que eu não entendi o filme. Não sei se foi porque eu tive que ir para a cozinha fazer a comida do cachorro (Otto acostumou mal quando ficou doente e agora não quer mais comer ração, um problema).Acho que não. Enfim, foram dez reais e duas horas perdidas. É um filme de detetive que invetiga o suposto suicídio do Superhomem do seriado americano de TV. E no final, você não sabe a resposta! Já viu um filme de mistério que termina sem resolver o mistério? É este. E o pior: você procura todos os spoilers na Internet e lê que 'you'll never know the truth'.
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 08h41
#beijometweeta: @rosana

Boa noite e obrigada
Vi um filme péssimo no pay per view. Um desperdício de dinheiro.
Voltei agora para o blog e li todos os comentários sobre o Silvio Santos e a dança do siri no Teleton. Pena, não vi. Mas o Ricardo Carvalho mandou o link do video que ele subiu pro YouTube. Valeu!
Vi também que o Fantástico vai falar sobre a bailarina aqui, que gira para 'direita' ou 'esquerda'.
Pelo ao Tom Taborda e ao prof. Dulcídio que publiquem aqui as suas descobertas.
Pod ser? Pra fazer um post bem bacana?
Eles decompuseram todos os frames do gif animado da bailarina, que explica tudo.
Obrigada.
PS - vou adiantar uma parte da explicação que o Tom mandou por email:

"No post 'Direito ou Esquerdo?' Trata-se de uma figura bi-dimensional. Não é possível determinar a orientação espacial de uma silhueta (vide imagem anexa, frame 20 do gif; a moça está de costas, ou de frente? não temos, na imagem, elementos suficientes para responder à questão; é o nosso cérebro tri-dimensional que tenta 'espacializar' a figura).O gif animado é composto de 34 frames bi-dimensionais, que podem ser extraídos individualmentes com o IrfanView.
O resto, é pura ilusão de óptica. Como um desenho de um cubo em frame (as arestas desenhadas), que vemos 'para lá' ou 'para cá'. Se fotografássemos um cavalinho em silhueta, numa base giratória, tampouco seria possível determinar na animação, se ele estaria girando no sentido horário ou anti-horário.'
Beijo,browse,aperto de mouse da Rosana Hermann - 00h06
#beijometweeta: @rosana








** **